quinta-feira, 11 de maio de 2017

A ditadura do celular

É inegável a contribuição que o celular tem trazido para as nossas vidas na última década. Mas você já pensou sobre o quanto ele, assustadoramente, tem se tornado cada vez mais fundamental no nosso cotidiano?
Resultado de imagem para celular
Cada vez mais todos os serviços, atividades e objetos tem se transportado para o mundo virtual das pequenas telinhas e tem abandonado outros meios antes utilizados, como por exemplo, nas transações bancárias, compras, jogos, estudos, notícias, etc.

Isso não quer dizer que não seja incrível a praticidade que é poder guardar no bolso nossos principais utensílios do dia a dia, mas da mesma forma é algo muito preocupante, já que facilmente podemos ser assaltados e assim perdermos esse objeto tão fundamental nos dias de hoje.

Para a classe alta isso pode não ser um problema, já que se pode comprar facilmente um celular novo de alta geração. Mas e para as classes médias e baixas, fica muito complicado comprar regularmente um objeto tão caro, e cada vez mais visado.

Mas será mesmo que podemos viver sem celular? Será que é de fato a melhor e única tecnologia a ser usada atualmente?

Acredito que as novas tecnologias não deveriam excluir as mais antigas. Não é porque uma tecnologia é mais nova que ela é necessariamente melhor em todos os aspectos. O teclado de um PC ou um notebook sem dúvida é muito mais fácil de ser manipulado do que um teclado touch screen de um celular. Os vinis sem dúvida nenhuma possuíam muito mais durabilidade e qualidade do que as tecnologias mais recentes, além do que, era um jeito mais interessante e seguro de se armazenar músicas.

Não tem nenhum problema em se criar novas tecnologias, muito pelo contrário, elas são muito úteis e práticas. O problema é quando se cria uma nova tecnologia e para de se produzir todas as anteriores, mesmo que úteis e interessantes do seu modo. Isso cria uma ditadura do que e como se usar um objeto, sem mesmo que ele não nos agrade. Falta de opção e liberdade nunca é algo bom. É fundamental termos o direito de escolher como viver.

Resultado de imagem para tecnologias antigas

Nenhum comentário:

Postar um comentário