segunda-feira, 4 de abril de 2011

"Quando o rock é uma filosofia. E a filosofia, um rock".


Hoje fiquei sabendo de uma exposição maravilhosa que está em cartaz no CCBB de São Paulo e também no do RJ entre 05 de abril a 08 de novembro de 2011. Trata-se de uma série de aulas-show onde será discutida a relação entre esse gênero musical e os pensamentos filosóficos.


As sessões acontecem uma vez por mês e serão apresentadas pela filósofa e curadora Márcia Tiburi, que receberá convidados para discutir questões relacionadas a esses dois universos, buscando: “O nexo entre o pensamento reflexivo da filosofia e o rock como revelador das angústias humanas”. 



Precisamos perguntar o que é o rock e o que ele tem feito de nós que o ouvimos e nos formamos por meio dele”  - Márcia Tiburi



Espero que cada vez mais projetos como esse, que visam discutir essa filosofia de vida, que é o rock n' roll, sejam realizados e difundidos Brasil afora. Afinal, antes de julgar o estilo como agressivo ou estranho, temos que analisar quais características da sociedade atual contribuem para que o estilo de protesto seja consolidado tantos anos no nosso país.
Enquanto houver injutiças, haverá o rock n' roll.


Um comentário:

  1. Maravilha essa iniciativa e fiquemos na torcida para que os debates sejam em alto nível e fujam do esteriótipo criado pela mídia em tom de desdém, retratando o Rock como algo agressivamente tolo, prosaico e fruto de uma visão de mundo infantilizada.

    ResponderExcluir